GP Monaco 1960

Ritchie Ginther, antigo mecânico de Phil Hill, estava agora na Ferrari ao volante do primeiro carro com motor traseiro de Maranello. Wolfgang Von Trips e Phil Hill completavam a forte equipe da Ferrari.

A grande novidade para os americanos na europa foi a Scarab. Lance Reventlow, filho de Bárbara Hutton, herdeira de Woolworth, pilotava junto com Chuck Daigh esses carros americanos estreantes em GPs. Tinham motor dianteiro e não eram muito rápidos apesar do motor especial Meyer-Drake Offenhauser.

Stirling Moss viu quão promissor era o Lotus 18 então seu patrão, Rob Walker, trouxe um e Moss fez excelente uso do carro. As Ferraris com seu motor dianteiro estavam fora de compasso enquanto que o carro com motor traseiro, não era tão rápido quanto os Coopers. Esse foi o último ano dos 2,5 litros da Fórmula 1. Jack Brabham e o Cooper reinaram nas pistas durante o ano marcando 5 vitórias seguidas e levando seu segundo campeonato mundial. Porém, nessa corrida, Moss deu à Lotus sua 1ª vitória no campeonato. Bruce Mclaren foi segundo e Phil Hill que rodou a Ferrari na Curva da Estação, ficou em terceiro.

*Transcrição das legendas do DVD ‘História do GP de Mônaco’

 

Clique e aproveite estas ofertas Submarino:
 Grand Prix - Edição Especial- Duplo   Champagne Mumm Cordon Rouge Mumm    Personagens que Marcaram Época, Ayrton Senna

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: