GP da França 1967, vídeo raro da F1 em Le Mans

Tem gente preocupada com o possível esvaziamento do grid em 2009, mas é bom lembrar que a história é feita de ciclos e se olharmos para trás veremos que já houve época em que mais de 30 carros chegaram a disputar vagas no grid de um GP e outras de vacas-magras, como no GP da França de 1967, que contou com apenas 15 carros alinhados no dia 02 de julho.

1967 French Grand Prix

Pos No Driver Team Laps Time/Retired Grid Pts
1 3 Jack Brabham Brabham-Repco 80 2:13’21.3 2 9
2 4 Denny Hulme Brabham-Repco 80 + 49.5 6 6
3 10 Jackie Stewart BRM 79 + 1 Lap 10 4
4 18 Jo Siffert Cooper-Maserati 77 + 3 Laps 11 3
5 15 Chris Irwin BRM 76 Engine 9 2
6 14 Pedro Rodriguez Cooper-Maserati 76 + 4 Laps 13 1
NC 16 Guy Ligier Cooper-Maserati 68 Not classified 15  
Ret 2 Chris Amon Ferrari 47 Throttle 7  
Ret 9 Dan Gurney Eagle-Weslake 40 Fuel leak 3  
Ret 12 Jochen Rindt Cooper-Maserati 33 Engine 8  
Ret 8 Bruce McLaren Eagle-Weslake 26 Ignition 5  
Ret 6 Jim Clark Lotus-Ford 23 Differential 4  
Ret 17 Bob Anderson Brabham-Climax 16 Ignition 14  
Ret 7 Graham Hill Lotus-Ford 13 Differential 1  
Ret 11 Mike Spence BRM 9 Halfshaft 12  

Fastest Lap: Graham Hill 1’36.700

A concorrência direta da Fórmula 2 esfriou essa corrida, que era entre duas etapas da outra categoria. A F2 era uma importante fonte de renda (e diversão) para os pilotos nessa época e alguns pilotos de ponta priozaram aquela competição.

A etapa da França já foi disputada em diversos circuitos e por isso é de se estranhar que ficou tantos anos em Magny Cours; o circuito da Bugatti foi construido usando a reta de largada de Le Mans mas não agradou nem os pilotos nem a torcida e nunca mais foi usado pela Fórmula 1.

Divirta-se com esse vídeo raro e histórico de um momento único na automobilismo mundial, a F1 em Le Mans:

Clique e aproveite estas ofertas no Submarino:
Toca 3 em 1 com 150 Bolinhas   Escudos dos Times do Mundo Inteiro   DVD Portátil Tela 7'' c/ USB e Games Joystick Incluso DVT-T6000 Tectoy

Anúncios

2 Respostas

  1. […] Leia mais deste post no blog de origem: Clique aqui e prestigie o autor […]

  2. Romário. REalmente pareciam frases feitas. Estou com o livro Reimagine para ler, assim que o ler te aviso se são palavras de ‘chover no molhado’ ou não.
    abs e obrigado pelo comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: